quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

| não tenho estomago

sinto cada vez mais que a empresa que eu trabalho é uma vergonha. para o público em geral a minha empresa é a lufada... toda a gente admira o nosso trabalho, as cartas que recebemos diariamente traduzem a nossa posição junto do público.
os mails, as chamadas...
as pessoas que nos tocam à campainha a pedir a nossa ajuda.
não consigo, não consigo ver estas pessoas a idolatrarem as pessoas para quem trabalho, e essas pessoas serem muito simpáticas para a tv e para as pessoas na rua e por trás dizerem que adoravam fazer este trabalho sem o contacto com as pessoas e que não tem paciência e que são ridículas.
é mau demais analisar todo este tempo que trabalho aqui e perceber que as pessoas nos adoram, e que as pessoas com quem trabalho estão cada vez mais calculistas.
ontem despediram um colega de trabalho, um colega que dava o máximo para esta empresa. e despediram-no porque viram o lado negro de um acto. é horrível, mau demais. tenho o meu estômago às voltas com esta palhaçada toda.
uma empresa que deve a toda a gente, e ver os gerentes a queixarem-se que não têm dinheiro  quando toda a gente sabe que há muito lucro mas que é gasto em sapatos, roupa e casas. e depois tentam mandar na nossa vida privada?! não pode!
achava que ir para esta empresa ia ser muito bom para mim como primeiro emprego, era uma oportunidade única... afinal a única oportunidade que consegui foi assinar contracto com o diabo. aliás nem contracto, trabalho mesmo a recibos verdes para o diabo.
tinha eu que tirar design, mas porque é que não fui para gestão, direito, qualquer área em que houvesse mais oportunidade de emprego.

Sem comentários: