terça-feira, 9 de agosto de 2011

| as crianças já não são o que eram

Lembro-me de quando era criança e o quanto adorava brincar às escondidinhas, às caçadinhas,
à macaca e ao elástico.
Andava de bicicleta, arranhava-me toda a jogar a bola, suava que nem uma maluca.
Mas no fim do dia, enquanto a minha mãe me mandava para o banho e eu lá pedia mais um bocadinho a ver uns qualquer desenhos animados (que na altura eram bem mais alegres), sentia a sensação de que aquele tinha sido o melhor dia da minha vida e fazia planos para o dia a seguir ainda ser melhor.
Aguardava ansiosa que a minha irmã mais velha chegasse de férias para me levar para Cabeceiras de Basto, enquanto não chegava aproveitava os dias de Verão a brincar e a ajudar a outra irmã a lavar o páteo. E a água que era para lavar o páteo acabava sempre a escorrer-me pela cabeça abaixo "era sem querer" dizia eu enquanto virava outro balde pela cabeça.
Fui uma criança feliz e sinto que vivi a minha infância e as tardes de Verão a 200%; já as crianças de hoje em dia um sofá e uma televisão, erm televisão não, um computador e passam assim todo o tempo livre.
é claro que depois ficam doentes só de espirrar. Eu comi areia, abri a cabeça , subi a árvores e estou viva.
parte das crianças serem assim é também culpa dos pais, eu percebo que hoje a vida não é a mesma mas se vão pagar para os filhos ficarem em casa com uma ama ou num atl com 3 janelas, porque não pagarem para eles fazerem desportos e viverem o sol e beberem o ar.
(e agora vou ali virar-me para a parede 5min)

Sem comentários: