quarta-feira, 10 de agosto de 2011

| da genética maravilha

eu não fui dotada pela genética da duresa, ou fui em tempos quando ainda era uma criança que mal ligava à roupa que vestia quanto mais se era dura ou mole.
hoje aos 24 tudo mudou, e o mundo da xixinha a abanar alojou-se em mim. dos braços ao rabo é o 'deu ma libre', eu bem que puxo ferro, faço agachamentos todos os dias e não há maneira de este rabo deixar de ser um pequeno abanador.
e depois existem pessoas (cheias de sorte) que nem precisam de fazer exercicio para serem tonificadas (o termo adequado).
e agora que já expressei o meu descontentamento com a minha genética, vou la para o ginásio novamente tentar dar forma ao abanador.

Sem comentários: