quinta-feira, 24 de novembro de 2011

| a minha "Modern family"



e eu bem que disse que ontem é que era o dia de ser feliz, e hoje também é. mas ontem foi o dia de ser feliz, e um dia peculiar.
vamos lá ver, o Sol veio dizer-me olá e relembrar que mesmo que não brilhe ele está sempre presente, essas malditas nuvens é que o tentam ofuscar (parvas!!!).
recebi um mimo, daqueles que enchem o coração de amor e calor da Miri* (Miri, se tás ai um beijinho muito grande) e o amigo do coração, o meu querido R. vai realizar o sonho de ser papá. (diz ele que vou ser tia - o' pa eu a babar já). este feijãozinho foi tão mas tão desejado, que se tornou não só o desjo do R. mas o todos que gostam dele.
e se até aqui as noticias eram óptimas...
entra a parte do peculiar.
fim do dia, 18h e chega a minha colega de trabalho (sim aquela daquelas músicas e do coração partido) e diz-me:
- amiga (aqui na zona as pessoa tratam-se por migá, ela sempre diz a palavra correctamente), preciso de trabalho eu já fui.
- ahn? oi?
oh yeah o arquitecto chegou ao pé dela e disse-lhe que só trabalha até quarta. (ui ui Narizinho até se tremeu). toca o telemóvel - o cunhado.
cunhado e seu sentido pratico das coisas (e este é mesmo pratico e não nhe nhe nhes)
- epah primeira novidade, 50% da minha companhia foi despedida, eu inclusivé.
 caiu-me tudo, a sério? o cunhado era só a última pessoa que eu algum dia acharia que ficaria nesta situação. dizem que eu vendo um frigorifico a um esquimó, mas ele vende meia dúzia. Nunca vi o meu cunhado fazer outra coisa, ele é tão bom que as companhias é que lhe ligavam para ele ir trabalhar para lá e agora que estava numa americana toda xpto da cena zumba. eu bem sei que existem uns dez genéricos só de um dos produtos da empresa, mas coiso, sei lá.
ele não me pareceu muito preocupado, diz que agora quer ser vendedor comissionista... aummm.
resumindo a minha familia não pode ser mais actual: o cunhado acho que ainda esta de "ressaca" da noticia, a mana além de ser professora e se saber o estado da função pública  fica mais fraca de dia para dia e os médicos armam-se em Doctor House.  O irmão é a ovelha negra, trabalhar faz calo e eu do alto do meio 8ºano vou chegar à administração da PT e mesmo assim o valor do ordenado será bastante baixo tendo em conta toda a sua sabedoria  e nada mais a acrescentar. a mamis Narizinho, oh minha querida mamis também já me disse que a partir de Janeiro passa a viver apenas da esmola que o estado lhe dá, erm perdão quero eu dizer da reforma, é isso reforma.
Chegou a altura de ser eu a fazer pela minha familia, pela minha familia moderna.

2 comentários:

Chicolaiev disse...

Obrigado pelos parabéns Nariz...

bj virtualex

Miri* disse...

Ai que eu estou no teu post *.* até fiquei emocionada :´)

Vivam as familias modernas - estamos na mesma com encrencas e mais encrencas que só nos fazem pensar que é hora de pormos a mão na massa por eles .

Força para nós :D