sexta-feira, 25 de novembro de 2011

| os patrões

acho que vou fazer uma tese sobre a diferença entre as empresas portuguesas que crescem e as que vão ao charco, em tempo de crise.
tenho a certeza que as bem sucedidas não têm na direcção um Leitão que se embebeda e vem poluir o ar com o cheiro a alcool, também não devem ter na direcção um mentiroso, e a regra de ouro: não misturam as contas pessoais com as contas da empresa.
dass é impressionante o problema que as pessoas têm em ser verdadeiras e em não viverem acima das posses.
tudo isto para dizer que tenho que intensificar a procura de trabalho, os dias aqui estão contados.

2 comentários:

Miri* disse...

Querida intensifica isso poqreu senão qualquer dia é fim do mÊs e tu nem vês os euros...

NaRiZiNhO disse...

isso não acho (acho não tem a certeza eheheh)
mas podes pôr intensificar nisso. hoje já enviei uns quantos. pode ser esta a oportunidade de regressar ao Porto :)
mesmo quando tudo parece negro há sempre uma luz :)