terça-feira, 27 de dezembro de 2011

| das coisas que não mudam

não adianta, eu bem que tento mas é impossível não chorar quando saio do Porto.
é que não é umas lágrimas, é mesmo baba e ranho. Até Aveiro é sempre a mesma coisa, vá de expresso, de carro ou de comboio.
Acho que nunca me vou habituar a estas despedidas. Tento sempre apressá-las para não desatar a chorar mas assim que arranco com o carro ui e vem rio de lágrimas.

2 comentários:

faa aa disse...

Isso significa que não vens ao Porto as vezes necessarias.
Tens de passar a vir mais vezes :)

NaRiZiNhO disse...

Nisso tens toda a razão
Devia ir mais vezes...
(resolução de ano novo) ehehehe