quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

| Deus dá-me paciência, porque me dás força parto-lhe a boca toda



já não me basta a colega de trabalho levar à letra a velha máxima do "mantém os teus amigos perto e os teus inimigos mais perto", ainda tenho a porra do leitão agora a testar a minha paciência ao limite.
tudo no dia de hoje o estúpido daquela pessoa, aliás daquele bicho ovelha negra da familia resolveu aprontar (outra vez).
eu já avisei que hoje não é um bom dia para implicarem comigo, mas ninguém me liga. Depois quando levam com a resposta torta não digam que não avisei.

Sem comentários: