sexta-feira, 1 de agosto de 2014

| da paz

Temos colegas novas na empresa.
Colegas que são mulheres adultas, que se pressupõe que se comportem como tal. Claro que se comportam como adolescentes, o que me fascina confesso.
Em tres meses da existencia delas ja vi mais drama do que em todo o meu liceu. Eu sempre na margem a assistir às suas discussões e picardias.
Não tenho paciência, por isso mantenho-me impavida e serena, desligada delas e do mau ambiente que ali se vive.
O meu objectivo é simples: ser feliz.

Sem comentários: